logotipo
pesquisa
    ​​ManpowerGroup Employment Outlook Survey: 1º trimestre 2022
    Para o início de 2022 os empregadores portugueses revelam perspetivas muito otimistas relativamente à criação de emprego. A previsão do ManpowerGroup Employment Outlook Survey revela uma Projeção para a Criação Líquida de Emprego de +37%, para o período de janeiro a março do próximo ano, naquela que é a estimativa mais elevada, desde o lançamento do estudo em Portugal, no ano 2016.

    O estudo do ManpowerGroup apresenta dados ajustados sazonalmente e revela as conclusões das entrevistas realizadas a 504 empregadores durante o mês de outubro. A Projeção anunciada reflete uma subida de 29 e de 32 pontos percentuais em relação ao trimestre anterior e ao período homólogo de 2021, traduzindo assim uma previsão de forte aceleração na tendência de contratação do mercado nacional, já identificada nos trimestres anteriores.

    “Os dados deste último ManpowerGroup Employment Outlook Survey, mostram uma forte tendência de aumento das contratações e um mercado de trabalho muito robusto no início de 2022. São dados alinhados com o que observamos no mercado, com a taxa de desemprego a situar-se já em valores pré-pandemia no terceiro trimestre deste ano, ao atingir os 6,1%, e a taxa de emprego, em níveis que não se registavam desde 2008. Este otimismo é, no entanto, refreado por níveis de escassez de talento, que estão também em máximos históricos, com 62% dos empregadores nacionais a afirmar ter dificuldade em contratar o talento de que necessitam. Este não é um fenómeno novo. A falta de talento fazia-se já sentir em anos anteriores, mas a pandemia e as transformações no mundo do trabalho exacerbaram-na, com as empresas a enfrentar hoje novos desafios empresariais, que exigem competências técnicas e humanas cada vez mais especializadas e difíceis de encontrar. Acreditamos que a resposta a este desencontro de talento está numa mudança de paradigma e no desenvolvimento de estratégias de “construção” de talento. Um esforço alargado de formação e qualificação dos trabalhadores é a alavanca que permitirá às empresas aceder ao talento que necessitam para concretizar os seus objetivos de desenvolvimento.”, afirma Rui Teixeira, Chief Operations Officer do ManpowerGroup Portugal.
     

    O setor das Tecnologias de Informação, Telecomunicações, Comunicação e Media é o que apresenta as intenções de contratação mais ambiciosas
    Os empregadores dos onze setores de atividade analisados preveem um forte crescimento do mercado de trabalho durante os próximos três meses, no entanto, o setor das Tecnologias de Informação, Telecomunicações, Comunicação e Media, é o que apresenta os planos mais otimistas, com uma Projeção de +49%, seguido de perto pelos setores da Banca, Finanças, Seguros e Imobiliário e do Comércio Grossista e Retalhista com Projeções de +48% e +46%, respetivamente. A Hotelaria e Restauração destaca-se também, ao apresentar o maior crescimento com respeito às perspetivas anunciadas no período homólogo de 2021 avançando com uma Projeção de +39%, numa evolução de 56 pontos percentuais. O setor da Construção antecipa igualmente um mercado de trabalho muito dinâmico, com uma Projeção de +32%. 

    Ainda que avancem intenções de crescimento das contratações, os setores da Educação, Saúde, Trabalho Social e Governamental e das Atividades de Produção Primária são os que apresentam as Projeções mais conservadoras de +13% e +16%, respetivamente.

    A região Norte continua a apresentar as previsões de contratação mais fortes
    Apesar de se prever um reforço nas contratações em todas as regiões de Portugal, durante os próximos três meses, a região Norte e da Grande Lisboa são as que registam a Projeção para a Criação Líquida de Emprego mais otimista, alcançando +41% e +34%, respetivamente. Na comparação trimestral e na comparação com o período homólogo de 2021 são também as que apresentam as melhorias mais significativas. No Grande Porto as perspetivas situam-se nos +26%. As perspetivas de contratação mais baixas são relatadas no Centro e Sul, fixando-se nos +17% e +20%.

    Pequenas e Grandes empresas são as que mais esperam contratar
    No período de janeiro a março de 2022, todas as organizações, independentemente da sua dimensão, esperam aumentar as suas equipas. As Grandes Empresas são as que preveem um ritmo mais forte na contratação, com uma Projeção para a Criação Líquida de Emprego de +42%. Apresentando um ritmo semelhante estão as Pequenas Empresas, com uma Projeção de +39%, As Médias e Microempresas são as que antecipam as Projeções mais modestas de +26% e +16%, respetivamente.

    Perspetivas globais de contratação otimistas
    Globalmente, as perspetivas de contratação são também muito otimistas, com o total dos 44 países e territórios em análise no estudo a anunciar reforços nas contratações para os três primeiros meses de 2022 numa lista liderada Perú, Índia, Brasil e Irlanda, em oposição ao Japão, Taiwan, Singapura e Républica Checa, que apresentam as Projeções mais baixas.
    Partilhe este artigo   

    Poderá interessar-lhe

    ManpowerGroup Employment
    Outlook Survey Portugal 2T2021
    Empregadores portugueses pessimistas quanto às contratações para o segundo trimestre.
    ManpowerGroup Employement
    Outlook Survey Portugal 4t2020
    Intenções de contratação em ligeira subida após mínimo histórico do terceiro trimestre.
    MEOS Primeiro Trimestre 2018
    O ManpowerGroup Employment Outlook Survey para o primeiro trimestre de 2018 revela que a contratação irá continuar a crescer, com as Grandes empresas, o setor de Transportes, Logística e Comunicações e a região Sul do país a reportarem as projeções mais fortes para a criação líquida de emprego no período entre janeiro e março.



    Tem alguma dúvida?
    Entre em contacto
    connosco!
    © 2016. Manpowergroup Portugal SGPS, S.A. Todos os direitos reservados.
    Politica de Privacidade e Condições de Utilização
    Política de Cookies e Proteção de Dados Pessoais
    design by ativait | development by designbinário
    © 2016. Manpowergroup Portugal SGPS, S.A. Todos os direitos reservados.
    Política de Privacidade e Condições de Utilização
    Política de Cookies e Proteção de Dados Pessoais
    design by ativait | development by designbinário